Carregando...

Ensinamos às pessoas

Os passos de Barnabé e seus seguidores
Saiba quem foi

Quem foi Barnabé

Barnabé foi um membro da Igreja Primitiva de Jerusalém, descendente da tribo de Levi, originário de uma família sacerdotal judaico-cipriota. Em Atos 4:36, somos informados que Barnabé vendeu uma propriedade, talvez em Chipre, e trouxe o dinheiro da venda do imóvel aos apóstolos para que as necessidades dos membros mais pobres da igreja de Jerusalém fossem supridas.

Sobre Barnabé, Lucas escreve o seguinte perfil no livro de Atos dos Apóstolos:

Este, ali chegando e vendo a graça de Deus, ficou alegre e os animou a permanecerem fiéis ao Senhor, de todo o coração.
Ele era um homem bom, cheio do Espírito Santo e de fé; e muitas pessoas foram acrescentadas ao Senhor.
(Atos 11:23,24)

O ministério de Barnabé ficou mais notório quando chegou a Jerusalém a informação de que na Antioquia da Síria os cristãos helenistas, que haviam se refugiado ali devido à perseguição que se iniciou na Judéia após a morte de Estêvão, estavam promovendo uma grande evangelização.

Barnabé, então, foi enviado para lá, com o intuito de verificar a situação, e agir conforme achasse mais apropriado. Ao chegar ali, Barnabé ficou maravilhado por ver muitos gentios pagãos se convertendo ao Evangelho pela graça de Deus. Logo, ele foi de grande valia para que aquela evangelização ganhasse ainda mais força. Barnabé era primo de João Marcos de Jerusalém (Cl 4:10)
O que significa Barnabé?

Poucas pessoas se lembram, mas “Barnabé” foi um nome dado pelos apóstolos. Seu nome verdadeiro era José (At 4:36). Lucas interpreta o nome Barnabé como “filho da consolação” ou “filho da exortação”. Na verdade a etimologia desse nome não é tão fácil, e envolve alguma dificuldade com a transcrição grega.

O importante é que Lucas não se concentrou nessa questão da etimologia, nem mesmo se propôs a apresentar uma explicação detalhada sobre o assunto. O objetivo de Lucas era apenas indicar o caráter do personagem, e isso foi plenamente cumprido.